Dívida Interna: A nova face do endividamento externo

24 de noviembre de 2006 por Rodrigo Vieira de Ávila


Esta dissertação demonstrará a relação íntima e direta entre a Dívida Externa e a Dívida Interna, duas modalidades do mesmo mecanismo de dominação e concentração de renda. Abordará o processo de substituição de dívida externa por interna, a partir dos anos 90, quando a liberalização financeira permitiu que o capital internacional investisse em diversos papéis do Terceiro Mundo, dentre eles, os títulos da dívida interna. Os bancos estrangeiros emprestam aos bancos brasileiros, para estes emprestarem ao governo nacional, enquanto o setor financeiro internacional se instala no país para comprar títulos da dívida interna e usufruir dos juros mais altos do planeta, remetendo seus grandes lucros ao exterior. A dissertação procurará mostrar, portanto, como esta «dívida interna» - que no Brasil já supera a dívida externa - representa uma reciclagem do velho modelo de dominação exercido pelo endividamento externo.




CADTM

COMITE PARA LA ABOLICION DE LA DEUDAS ILEGITIMAS

35 rue Fabry
4000 - Liège- Belgique

00324 226 62 85
info@cadtm.org

cadtm.org