Solidariedade com o povo palestiniano

25 de Maio por CADTM International


« Banksy Graffiti Art on The Wall » by Adam Walker Cleaveland is licensed with CC BY-NC-ND 2.0. To view a copy of this license, visit https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.0/

A agressão colonial israelita na Faixa de Gaza durou 11 dias. Acaba de entrar em vigor em Gaza um cessar-fogo. Esta agressão fez mais de 231 vítimas, entre as quais 65 crianças e 39 mulheres, e mais de 1630 feridos/as. Causou a destruição de centenas de edifícios em zonas densamente povoadas e de dezenas de hospitais, cortou as redes de electricidade, água e esgotos. Dezenas de milhares de palestinianos/as foram deslocados. Vivem um doloroso calvário, agravado pela crise económica e sanitária ligada ao covid-19.

Na Cisjordânia e em Jerusalém, a repressão israelita intensificou-se desde 7 de maio, provocando milhares de feridos/as e centenas de prisões. Grupos de colonos fanáticos atacam os/as Palestinianas nos territórios de 1948.

As grandes potências imperialistas apoiam Israel, para manterem a região num statu quo que serve a sua estratégia de dominação, de pilhagem de recursos através do comércio, da dívida e da venda de armas. Aliam-se às monarquias dos petrodólares e aos regimes despóticos da região para generalizarem a normalização das suas relações com a entidade sionista, aprofundarem as políticas neoliberais e belicistas, e travarem as aspirações dos povos à liberdade, à dignidade e à justiça social ilustradas pela nova Intifada palestiniana.

Nas diversas regiões dos territórios ocupados e em Israel, esta Intifada mobilizou toda a população palestiniana, nomeadamente os jovens e as mulheres, na luta contra o apartheid e as condições de sofrimento quotidiano, desenvolvendo formas de solidariedade activa e, ao mesmo tempo, procurando com determinação reconquistar os seus direitos históricos. O êxito da greve geral de 18 de março simbolizou essa unidade de base na resistência. Além disso exprimiu a convicção de que o povo palestino apenas pode contar com as suas próprias forças para vencer o inimigo israelita e seus aliados.

A sua capacidade de resistência e a sua confiança em si mesmos para vencer o combate pela emancipação serão reforçados pela solidariedade à escala internacional que está a crescer por todo o mundo.

O CADTM Internacional mobiliza-se e adere a todas as iniciativas de solidariedade à escala internacional, continental, regional e nacional para:

  • reforçar a solidariedade com o povo palestiniano em luta;
  • travar a agressão colonial israelita;
  • pôr fim à ocupação civil e militar israelita;
  • impor o direito à autodeterminação e ao regresso do povo palestiniano;
  • alargar a campanha internacional: boicote, desinvestimento e sanções (BDS);
  • denunciar o apoio à entidade sionista;
  • recusar a normalização das relações com Israel;
  • denunciar a repressão e a criminalização da solidariedade com os/as palestinianas oferecida pelos regimes e governos do Sul e do Norte.



Outros artigos em português de CADTM International (18)

0 | 10

CADTM

COMITE PARA A ABOLIÇAO DAS DIVIDAS ILEGITIMAS

35 rue Fabry
4000 - Liège- Belgique

00324 226 62 85
info@cadtm.org

cadtm.org